We use cookies (ours and those of third-party providers, e.g. Google Analytics) to simplify the use of our web pages and adjust the content more closely to your interests. Simply continuing to use our web pages sets only those cookies that are required for technical reasons; acceptance means that all cookies (including marketing cookies) will be set. Your consent is voluntary, and can be withdrawn at any time with future effect.

For further information, see our data protection statement.

Aceitar

SHREDLAGE®

Mais leite, animais mais saudáveis.

A tecnologia de tratamento do milho ensilado conhecida sob a marca SHREDLAGE® desintegra o material intensivamente, ampliando bastante a superfície do material triturado. Isso aumenta o efeito estrutural da silagem de milho no rúmen da vaca.

SHREDLAGE®

Mais leite, animais mais saudáveis.

A tecnologia de tratamento do milho ensilado conhecida sob a marca SHREDLAGE® desintegra o material intensivamente, ampliando bastante a superfície do material triturado. Isso aumenta o efeito estrutural da silagem de milho no rúmen da vaca.

Recomendação de colheita SHREDLAGE®

O material triturado da SHREDLAGE® possui as seguintes características:

  • Comprimento de trituração de 26-30 mm
  • 95% dos caules mais finos do que 4 mm
  • Caules retirados
  • Componentes flexíveis
  • Grãos fracionados em quatro ou oito partes
  • Aparência "mais solta" de todas as partes

Material triturado fresco

Material triturado fermentado

De modo geral, as recomendações para a SHREDLAGE® são as mesmas que valem no uso convencional do milho ensilado. A experiência mostra que é importante atentar especialmente ao processamento dos caules, pois no caso deles o grau de tratamento é reduzido antes do que no caso dos componentes dos grãos.

A matéria seca recomendada é de 32-36%. Matérias secas mais úmidas, abaixo de 32%, podem levar a uma formação mais intensa de efluentes; matérias secas acima de 36% precisam ser concentradas com cuidado especial.

As seguintes recomendações são uma orientação para que a máquina seja ajustada corretamente:

Comprimento do corte (mm)

Matéria frescaMatéria seca
307030
266535
216040

A distância entre os rolos Corncracker deve ser sempre escolhida de modo que o respectivo grau de tratamento e desintegração dos grãos seja obtido.

Um controle constante da qualidade de tratamento e, quando necessário, um ajuste da máquina conforme os critérios mencionados é imprescindível.

(Tipos de milho Brown Mid-rib (BMR) podem requerer um ajuste dos rolos com ½ mm a menos do que a recomendação convencional para milho; isso se deve à esponjosidade dos caules BMR.)

Para a verificação dos ajustes do Corncracker, existem os seguintes métodos à sua disposição:

Cartão de teste SHREDLAGE® (Harvest Guide)

Copo de amostra de 1 litro da CLAAS

Penn State Shaker Box

Os métodos descritos brevemente:

  • Cartão de teste SHREDLAGE®, com o qual é possível definir o comprimento e a espessura das partículas.
  • Copo de amostra de 1 litro para um "teste rápido" do tratamento dos grãos. No teste, todos os grãos devem ser fracionados pelo menos em quatro partes, idealmente em oito partes, e não se devem encontrar grãos inteiros.
  • Corn Silage Processing Score CSPS, grau de tratamento dos grãos de milho. CSPS é uma análise laboratorial que testa o tratamento dos grãos em relação à quantidade total de amido. Esse valor depende de diversos parâmetros. Além da matéria seca do material, do tipo e das condições locais, naturalmente o ajuste da forrageira autopropelida e o grau de desgaste dos rolos do Cracker possuem aqui um papel importante. Na SHREDLAGE®, o CSPS do milho fresco deve ser acima de 70.
  • A utilização de uma Penn State Shaker Box é apropriada diretamente no silo para a verificação do tratamento da SHREDLAGE®. Com peneiras de diferentes consistências, os tamanhos fracionados são separados. O objetivo é uma distribuição de 25% na peneira superior e mais de 40% na peneira central.